Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

Painel H&C
Inteligência Euromonitor
QUARTA-FEIRA, 25 DE ABRIL DE 2018

Sun Care: Evolução das Tendências e Ingredientes em Alta

 

Por: Maria Coronado Robles, Analista de Ingredientes da Euromonitor International

 

A medida que os consumidores adotam estilos de vida mais saudáveis, o que está dentro dos produtos se torna cada vez mais importante. Mais do que nunca, os consumidores estão questionando os ingredientes e suas origens e isso está tendo um impacto no segmento de ingredientes.

 

Proteção está no centro de atenção dos consumidores

Em pouco mais de 50 anos, a in­dústria da proteção solar evoluiu tremendamente tanto em relação ao nível e tipo de proteção quanto às propriedades estéticas dos pro­dutos, sendo impulsionada pelas necessidades dos consumidores e pelos avanços tecnológicos, tal como tecnologias de encapsula­mento e novos sistemas de entrega. Isso permitiu que as empresas for­necessem aos consumidores produ­tos mais interessantes que os prote­gem de uma ampla gama de novos aspectos, desde a radiação solar até o poluição do ar e luminosa.

 

Mude junto com seus clientes

O mundo está mudando constantemente e a proteção solar não está mais limitada aos produtos tradicionais de sun care. Os consumidores estão cada vez mais conscientes sobre os efeitos dos raios UV na saúde e aparência da pele ao longo do ano inteiro e isso está impulsionando a demanda por ingredientes para protetores solares. A proteção contra o sol está se tornando os ingredientes essenciais em uma ampla gama dos produtos, desde os produtos mais tradicionais até aqueles voltados ao cuidado diário da pele e cabelo, maquiagens e produtos para banho. Consequentemente, há um número crescente de novos produtos e reivindicações chegando ao mercado. Talvez um dos lançamentos mais interessantes seja o Dr. Russo Facial Cleanser SPF 30, com três filtros de UV químicos encapsulados (octocrileno, etilhexil metoxicinamato e avobenzona) que permanecem na pele mesmo após ela ser lavada, formando uma camada protetora.

Conscientes dos variados estilos de vida, preferências e necessida­des dos consumidores ao redor do mundo, os fabricantes de proteção solar estão buscando segmentos mais específicos. Produtos multi­culturais, desenvolvidos para di­ferentes tons de pele e condições ambientais, e produtos esportivos, desenvolvidos para atender às ne­cessidades oriundas de um estilo de vida mais ativo, estão ganhan­do atenção entre os consumidores. Em resposta, as empresas estão lançando linhas específicas de pro­teção solar para cobrir estas lacu­nas do mercado.

 

Menos é mais

O crescente interesse do consu­midor e da indústria em produtos multifuncionais está impulsionan­do a demanda por ingredientes que possuem várias funções em suas formulações. De acordo com a pesquisa Beauty Survey da Eu­romonitor International, o uso de ingredientes multifuncionais está entre as dez principais razões para comprar protetores solares ou pro­dutos com proteção solar.

Como os consumidores querem cada vez mais produtos com pro­teção solar que vão além da pro­teção simples contra raios UV, existe uma crescente demanda por ingredientes multifuncionais e formulações mais simples. For­necedores de ingredientes estão desenvolvendo ingredientes com diferentes papéis na formulação, desde proteção contra os raios UV, luz e poluição até ao antienvelheci­mento e hidratação da pele.

A combinação de ativos multifun­cionais com reivindicações múlti­plas é uma opção cada vez mais atraente que também se encaixa na tendência de clean label uma vez que permite aos fabricantes utilizarem menos ingredientes. Consequentemente, também pos­sui um impacto positivo no pro­cesso de fabricação e no preço do produto. Além disso, esses tipos de produtos facilitam o entendimento dos consumidores em relaçao aos produtos que estão usando.

Os produtos que oferecem múltiplas propriedades são especialmente atraentes para as gerações mais jovens de consumidores para quem o preço desempenha um papel extremamente importante. Consumidores da Geração Z e especialmente aqueles que vivem em países emergentes têm maior probabilidade de comprar produtos de proteção solar com ingredients multifuncionais do que aqueles que vivem em países desenvolvidos. Esses consumidores com renda mais baixa compram menos produtos e, portanto, querem formulações efetivas e econômicas com ingredientes multifuncionais que forneçam uma solução integrada em um único produto.

Nos países em desenvolvimento, como Índia, Indonésia e Brasil (onde projeta-se o maior cresci­mento nas vendas de produtos para proteção solar), entre 30% e 40% dos consumidores preferem protetores solares com ingredi­entes multifuncionais, enquanto apenas 10% dos consumidores na Austrália, Japão e Coréia do Sul consideram a multifuncionalidade dos ingredientes como uma carac­terística essencial no produto.

 

O que esperar para o futuro da proteção solar?

A demanda global por produtos multifuncionais, aumento da dura­ção do protetor solar assim como toque mais leve e a maior capacid­ade de espalhamento são tendên­cias que esperamos que continuem em alta. Os principais desafios para os próximos anos estão relaciona­dos à necessidade de protetores solares mais seguros, efetivos e naturais, mas com menos ingredi­entes na formulação. As empresas estão agora realizando pesquisas para otimizar os sistemas de en­trega de proteção UV e melhorar a capacidade de foto-estibilidade, eficácia e lavagem dos ingredien­tes ativos, sem haver prejuízo às suas propriedades estéticas.

Mais estudos estão sendo realizados buscando alternativas naturais para os filtros UV sintéticos. Nesse contexto, há um crescente desejo dos consumidores por produtos naturais e com beneficio ao microbioma da pela. A recente entrada de produtos probióticos no segmento de cuidados com a pele, abriu oportunidades desenvolvimento de filtros bio- UV que imitem os mecanismos de proteção solar natural bacteriana é uma caminho longo e dispendioso com muitas barreiras técnicas e regulatórias, especialmente nos Estados Unidos onde os produtos SPF são regulamentados como drogas e o processo de obtenção de aprovação para novos ingredientes é um caminho complicado.

 

Fonte: Euromonitor International, Beauty Survey

Veja também:

Parceiros H&C
  • ABC
  • Abipla
  • Abre
  • ABT
  • Anvisa
  • FCE Cosmetique
  • FtechSM
  • iCosmetologia
  • AACD
Rua Rio da Prata, 164 - Brooklin - São Paulo - SP - Brasil - CEP: 04571-210

Ftech Soluções em Internet