Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

Painel H&C
Revista H&C - Edição 114

FCE 2019 traz mais de 16,5 mil visitantes

SEGUNDA-FEIRA, 26 DE AGOSTO DE 2019

 

Maior evento cosmético da América Latina acontece no primeiro semestre em São Paulo e nesse ano chegou à sua 24ª edição

 

A o completar 24 anos, FCE Cosmetique e FCE Pharma resolveram ino­var. Além de apresentar as novi­dades das indústrias, ofereceram experiências inéditas a seus mais de 16,5 mil visitantes. “Faz par­te do nosso DNA surpreender o mercado, buscamos evoluir as iniciativas de sucesso, apostar em novidades que possam melhorar a experiência do visitante e impul­sionar o desenvolvimento do mer­cado”, diz João Paulo Picolo, CEO da NürnbergMesse Brasil. “Rece­bemos um retorno muito positivo sobre os investimentos de 2019 e ficamos muito orgulhosos, princi­palmente por vir de um público al­tamente qualificado”, acrescenta.

Pela primeira vez na feira, o R&D Academy reproduziu um laborató­rio do futuro com tecnologias da indústria 4.0: inovador, com co­municação autônoma e processos automatizados. Uma iniciativa para as pessoas entenderem como será a realidade do setor “amanhã”. Ou­tra novidade foi o Innovation Cen­ter, onde era possível assistir a pa­lestras e participar de experiências sensoriais e demonstrativas. A Focus Química foi uma das marcas presen­tes no novo espaço. “Apresentamos ao mercado o que temos e o que ele pode esperar, falamos tecnicamente e mostramos como funciona cada produto. É uma inovação na inte­ração com o público”, diz Douglas Vocci, diretor da empresa.

Mais uma iniciativa pioneira foi o Talk Science, um encontro mo­derno e inovador, segundo par­ticipantes, que trouxe palestras dinâmicas. Muitas atingiram a capacidade máxima de visitantes, de acordo com os organizadores. Entre elas, a palestra Análise de Risco, realizada por Marcus Perei­ra, colaborador da Sindusfarma, que trouxe um conteúdo sobre como evitar contaminação cruza­da. Tema e experiência aprovados por Wania Renata dos Santos, gestora do Departamento de Va­cinas Virais de Bio-Manguinhos da Fiocruz. “É essa a importância de estar aqui: ter a oportunidade de se atualizar e construir parce­rias”, afirma.

Logística – Uma das novidades que mais chamou a atenção do público, segundo a organizadora da FCE, foi a Logitech Science, ex­posição e congresso voltados para a logística. O evento reuniu os prin­cipais players do mercado no mun­do, que apresentaram o futuro do setor logístico e mostraram como empresas cosméticas e farmacêuti­cas podem otimizar seus processos e reduzir custos. DHL, IBM e UPS foram alguns dos destaques que lotaram as palestras.

“As novas tecnologias são a cha­ve para o futuro. E muitas em­presas ainda deixam de usá-las a seu favor. É preciso acelerar uma eventual mudança de comporta­mento das empresas”, diz Thors­ten Roggenbuck, vice-presidente da Life Scienses & Healthcare da DHL Supply Chain. O visitante Gustavo Ramirez, quality affiliate trainee da Eli Lilly do Brasil, acom­panhou a palestra e se mostrou satisfeito com os exemplos práti­cos exibidos por Thorsten. “Achei a palestra muito legal pela parte da inovação e por conhecer um pouco melhor o que a DHL tem feito atualmente”, contou.

A palestra da IBM também foi bem disputada e passou informações para se pensar no futuro da indús­tria de transporte. Foi o que contou Graziella Lima, gerente nacional de contas chaves da Kuehne + Nagel. “Trata-se de uma oportunidade de ver como devemos olhar a ala de logística dentro da vertical farma­cêutica. Eu não estava esperando toda essa informação. O conteúdo me espantou. Foi uma surpresa muito boa”, afirma.

Congresso – As grandes atrações não pararam por aí. No Colamiqc, congresso sobre os “Novos Rumos da Ciência Cosmética”, realizado em paralelo à feira, o economista Ricardo Amorim fez uma palestra sobre o panorama político-econô­mico da América Latina e Portugal. Destacou que o Brasil viveu a pior crise da história nos últimos anos, mas voltou a crescer.

“Estamos vivendo um processo de transformação tecnológica que é o mais acelerado que a humanidade já viu. Isso gera muita riqueza e oportunidade para quem entra de cabeça usando novas tecnologias para melhorar seu negócio”, des­tacou. Para ele, o impacto no mer­cado de cosméticos é direto. “Na medida em que a renda cresce, mais as pessoas passam a se cuidar e gastar com isso”.

Negócios – Na FCE Cosmetique, aconteceu a primeira Rodada de Negócios voltada a produtores e compradores de matéria-prima cosmética. Ao todo, foram 14 ex­positores e 37 compradores que, no período de duas horas, reali­zaram 222 reuniões, gerando em torno de R$ 16,1 milhões em ne­gócios. Entre os grandes compra­dores, nomes como Natura, Ro­che, Achè, The Body Shop e Truss aproveitaram o encontro para ga­rantir as novidades dos fabricantes em primeira mão.

Neste ano, a FCE Pharma e a FCE Cosmetique reuniram 500 marcas em um espaço de 40 mil metros quadrados. O principal, entretan­to, foi o público. “Esse ano a fei­ra foi muito boa. Nós recebemos muitos clientes qualificados e im­portantes”, diz Mariela Palacios, diretora-executiva da Almapal. Liziane Magalhães, key account manager da Bosch, concordou. “Quem veio para a feira realmente tinha interesse em comprar ou co­nhecer novas tecnologias, e tinha projetos para isso”, diz.

Do lado da FCE Cosmetique, a sensação não foi diferente. “Estar na FCE é uma oportunidade de congregar a sua rede. Os parceiros se reencontram, os concorrentes se encontram. Então o mercado de forma geral tem a oportunida­de de estar reunido em um único lugar. Isso é sempre válido para todas as partes”, afirma Tatiane Paixão, gerente de comunicação da Chemyunion. A Cosmotec tam­bém aprovou. “Eu percebi que os clientes que vieram à feira este ano estavam muito focados em negó­cios e investimento. Eles não es­tavam aqui apenas para conhecer os fabricantes, queriam realmente investir e estavam otimistas em re­lação à situação do Brasil”, afirma Juliana Seabra, gerente de marke­ting da empresa.

Quem apareceu apenas para co­nhecer o espaço e as novas tecno­logias também exaltou o resultado de três dias de evento. “As feiras trouxeram muitas novidades, di­versidade e inovação”, conta o vi­sitante Evanildo Gomes, de P&D da Nazca Cosméticos.

Inovação – A Dinaco exemplifi­cou muito bem como a FCE tem o papel de apresentar inovação ao mercado brasileiro. A empresa res­salta que apresentou seu mais ino­vador complexo: o Color Protec­tion. Com foco em haircare, essa novidade combina sinergicamente três especialidades do portfólio da distribuidora: Merquat 2003PR, da Lubrizol; Neossance Hemisquala­ne, da Aprinnova; e Phytoscreen Patagônia, da Novachem. Isso para promover maior proteção da cor e térmica, brilho e melhor penteabi­lidade e elasticidade dos fios.

Respeitando a demanda do merca­do consumidor por transparência, a Dinaco fez uma parceria com o IPClin - Instituto de Pesquisa Clíni­ca Integrada para a FCE. A equi­pe do IPClin realizou análises com os protótipos desenvolvidos pelo Laboratório de Desenvolvimento e Inovação da empresa para de­monstrar a eficácia das especiali­dades químicas do seu portfólio. “Os resultados evidenciaram que em mechas tratadas com o produ­to Hair Power Color, houve uma manutenção de coloração de 86% após 15 lavagens, em comparação ao tratamento com xampu padrão, o qual teve uma manutenção de coloração de 67% após as mes­mas 15 lavagens”, destaca Marina Fernandes, diretora de marketing da Dinaco.

Também foi testada a eficácia de outro complexo da empresa, o Sweet Block Hydration. Composto por Genencare OSMS BA, da Du­pont, Trehalose 100, da Nagase, e Neossance Squalane, da Aprin­nova, forma um “booster” de hi­dratação. Com tratamento com o produto Maxihydrat Blue Cream, houve um aumento na hidratação de 38% após duas horas da apli­cação do produto, em compara­ção ao sítio controle com 3% de hidratação, e 21% após 8 horas da aplicação, em comparação ao de­caimento de 1% da hidratação no sítio controle, conta a executiva.

Completa o trio de complexos o Smart Protection, com Sensidin DO, da Schulke, Trehalose 100 da Nagase e Zinc Sebum, da Nova­chem, para promover hidratação, proteção da pele e ação bacterios­tática, resultando na redução sig­nificativa de odores, de uma forma mais suave que outros produtos que têm sofrido questionamento no mercado.

Maquiagem e couro cabeludo – A Merck também lançou produtos inovadores nesta edição da feira. Apresentou a mais recente adi­ção ao portfólio de Smart Effects, chamado de Ronastar Red Lights, um pigmento de composição inor­gânica para uso de maquiagem e personal care. A empresa explica que a fórmula tem efeito especial vermelho que produz um brilho in­tenso, semelhante a cristais, que é feito para qualquer tipo de cosmé­tico. O produto é fácil para incor­porar em formulações e misturar com outros pigmentos para adqui­rir tons de brilho vermelho trans­parente, como também para tons pastéis, cores cintilantes e vivas.

“A nossa participação na feira é uma oportunidade de contato di­reto com o mercado que sempre conta com a presença dos princi­pais fabricantes do Brasil inteiro”, diz Leonardo Lima, especialista em desenvolvimento de marketing em Performance Materials da Merck. “Então é um momento importante trazermos novidades tecnológicas e gerar negócios para esse primei­ro semestre”, completa.

Outra novidade era direcionada aos produtos para cabelos, com o lançamento do Root Miracle kit, focado em ingredientes ativos para um couro cabeludo saudável. Para os consumidores que vivem em áreas urbanas, essa região do cor­po é tipicamente enfraquecida e mais frágil devido a vários estresses do cotidiano. A Merck destacou soluções para proteger, acalmar e nutrir todas as áreas da pele desco­berta, incluindo o couro cabeludo.

Protótipos – A Cosmotec tradi­cionalmente é uma das empresas que também traz inovação à FCE. Nesta edição, a empresa destacou soluções completas de hair care, make-up, skin care e sun care, além de fragrâncias exclusivas. A empresa preparou uma plataforma que agregou soluções de acordo com os benefícios mais desejados e as principais tendências do mer­cado cosmético: “+Sensorial, +Na­tural, +Efeitos e +Resultados”.

Entre os protótipos que a empresa trouxe para mostrar suas potencia­lidades aos visitantes, a Cosmotec destaca: um spray de brilho holo­gráfico e tridimensional para cabe­lo e corpo, ideal para complemen­tar o look; um hidratante facial com textura mousse, acabamento mate e sensorial delicioso, que promove refrescância imediata e relaxamento para a pele; e um re­alçador de sobrancelhas com efeito henna, uma fórmula em emulsão que modela, define e proporcio­na um delineado pigmentado de longa duração, ideal para corrigir sobrancelhas com falhas, grisalhas ou com formato indefinido.

Mais sobre esta Edição
Parceiros H&C
  • ABC
  • Abipla
  • Abre
  • ABT
  • Anvisa
  • FCE Cosmetique
  • FtechSM
  • iCosmetologia
  • AACD
Rua Com. Miguel Calfat, 92 - Vila Nova Conceição - São Paulo – SP – CEP 04537-080

Ftech Soluções em Internet